COVADONGA // Espanha

Quem odeia história, pula essa parte!

Era uma vez um povo que lutou ferrenhamente durante quase oito séculos na tentativa de defender o seu território. Eram os espanhóis…

A grosso modo a história é a seguinte: os muçulmanos se espalharam pela Península Ibérica e de lá não queriam mais sair… bem pelo contrário, só queriam dominar mais e mais terras. Durante séculos os cristãos tentaram retomar o território. Conseguiram, é verdade! Mesmo depois de longos, absurdos e violentos 800 anos. É o que nos livros de história chama-se de “reconquista”.

Esse processo foi fundamental para tornar a Espanha um Estado. Ou seja, a Espanha surgiu após uma emocionante e sangrenta batalha!

Bueno, agora vamos falar de Covadonga!

Covadonga é uma pequena vila no noroeste de Espanha. Uma vila que fica quase escondida entre gigantescas montanhas. Foi ali que os cristãos espanhóis venceram a tal batalha contra os Mouros.

Pois foi justamente nessas montanhas que um príncipe resolver se esconder. Escolheu uma gruta para fazer de moradia improvisada e chamou um pequeno número de fiéis dispostos a morrer na batalha para ali se esconder com ele. Em Covadonga o grupo se instalou. Mas não era só de coragem que essa gente vivia. Os lutadores tinham medo de morrer, sim. Por isso levaram para a gruta  uma imagem da Virgem Maria. Vai que a Virgem Maria ajudasse a proteger os fiéis.

E não é que foi justamente isso o que aconteceu? Conta a história que a imagem da Virgem Maria fortaleceu os fiéis para que eles tivessem ainda mais força na luta contra os mouros.

Calma, a história não acaba por aqui. É mais emocionante que uma novela!!!!

Os árabes eram em muitos. Muito mais que os espanhóis. Os cristãos ficaram escondidos na gruta esperando que os árabes ali entrassem. A gruta era estreita e de difícil acesso. Em meio ao combate, houve um terremoto. Sim, um terremoto! E parte da montanha desabou, soterrando  um terço dos mouros atacantes (é o que diz os livros de histrória. Se isso aconteceu mesmo, aí são outros 500).

Os espanhóis se deram bem nessa guerra e o príncipe (aquele que teve a idéia de se esconder na gruta) foi proclamado rei das Astúrias. É o Rei Pelayo!

A guerra continuou por muitos e muitos anos. O detalhe é que aquela gruta em Covadonga se tornou um santuário até hoje visitado por milhares e milhares de turistas que sobem o morro para conhecer a tal caverna da batalha.

A cada dia 8 de setembro celebram-se peregrinações para a Virgem Maria até o santuário.

Exatamente no dia 8 de setembro de 2009 fui conhecer Covadonga. Subi o gigantesco morro junto com milhares de fiéis. A cena é emocionante! E a vista, bom…de perder o fôlego!

No alto de rochedos gigantescos fica o santuario, a caverna onde os cristãos se esconderam. A gruta é fria e escura, iluminada apenas por centenas de velas que levam o visitante ate a imagem da Virgem das Batalhas.
Entre as frestas nas pedras dá para se ver o penhasco na paisagem.

Aliás, como já é de costume, a história e a fé ajudam a movimentar a economia local. Com milhares de fiéis atravessando seguidamente o santuário tudo é motivo para a venda.  Cartões postais, chaveiros, canetas e tudo mais que se possa imaginar relacionado ao lugar misterioso.

Se um dia chegares a ir a Covadonga não deixe de entrar na caverna. É obrigatório! E na saída, beba a água pura que brota de uma fonte. Dizem que é a mesma fonte que há milhares de anos matava a sede dos cristãos espanhóis que viviam escondidos na gruta.

Fonte no Santuário de Covadonga
Fonte no Santuário de Covadonga
Santuário de Covadonga
Santuário de Covadonga
Vista de Covadonga
Vista de Covadonga
Anúncios

3 comentários sobre “COVADONGA // Espanha

  1. Marcus, conheço Covadonga! Tens razão o local é belíssimo e vale a viagem. A região das Astúrias é rica em cultura e gastronomia. Bom não esquecer de tomar um Sidra Asturiana pelas redondezas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s