SANTILLANA DEL MAR // Espanha

É como se o pequeno povoado ainda estivesse prisioneiro da história.

Assim é Santillana del Mar. Uma aldeia medieval que conserva, até hoje, as marcas de um tempo muito, muito distante…

Me vi diante de altas montanhas – gigantescas, pra falar a verdade. Vales a perder de vista cortados por estreitas estradas. Essa era a imagem que eu tinha da janela do pequeno ônibus velho, não tão velho quanto os antepassados que viveram aqui.

Para se entrar em Santillana del Mar só há uma única forma. Uma grande abertura no gigantesco muro que cerca a aldeia. Acaba o asfalto e começa a estrada de pedra. Era a forma que os moradores daqui tinham para se proteger. Por isso todos sabiam bem quem chegava a pequena vila.

Basta uma rápida caminhada para se encantar com as velhas casas que parecem congeladas através dos séculos. Flores nas varandas, roupas estentidas no sol… é a vida que ainda pulsa por aqui. Calçadas de antigas pedras, por onde já caminharam tantas pessoas de outros tantos tempos.

Santillana del Mar é uma experiência única. O pueblo das três mentiras, como o povoado é conhecido. Dizem que Santillana nem é Santa, nem llana (plana) e nem tem mar. Bueno, não é bem assim…

Confesso que não andei quase nada pois a vilinha é muito pequena.  Em uma hora de caminhada você consegue dar voltas e mais voltas por tudo.  É mágico!  Caminhe sem pressa. Afinal, nem o tempo passa rápido aqui.

Acredite. Uma das melhores dicas é sentar e ver a tarde passar por Santillana.

Parece que a todo o instante eu ouvia o ruído das rodas das velhas charretes cruzando as ruas de pedra. Só faltava isso… pois me sentia numa página de um livro de história qualquer.

Lá no final do povoado há uma magnífica construção de cerca de 900 anos. A Colegiata Romanica de Santillana del Mar. Um mosteiro construído para abrigar os restos mortais de Santa Juliana. Chegamos ao meu primeiro questionamento sobre as três mentiras. Santillana não é Santa mas tem santa! Plana de fato não é. Mas o mar… ele não está muito distante. Para se chegar até a única praia do município de Santillana del Mar é preciso descer uma estradinha quase vertical que leva a uma pequena e aconchegante praia, a praia de Santa Justa, distante 5 km da vila histórica.

Santillana del Mar

Cada casinha antiga de Santillana hoje virou lojinha, restaurante ou hotel. Aliás, é assim que sobrevivem os quatro mil moradores do pueblo. Apesar de ter o turismo bastante difundido quase ninguém conhece esse povoado.

Se você está na busca de experiências incríveis, de encher os olhos com imagens diferentes… vá a Santillana! É um outro lado da Espanha que todos deveriam conhecer.

Se você incluiu o País Basco (Bilbao), Santander, Leon ou Oviedo em seu roteiro pode passar por Santillana. A vila fica a caminho desses quatro destinos.

Reserve pelo menos uma manhã para Santillana. Não há necessidade de mais tempo. Mas se quiseres ficar por lá há várias opções de ótimos hotéis. Todos seguindo o estilo medieval.

Hotel Casa del Marqués: http://www.turismosantillanadelmar.com/hotel-santillana-del-mar-cantabria.html

Hotel Parador: http://www.parador.es/es/tratarFichaParadorCabecera.do?parador=108

Hotel Altamira:http://www.hotelaltamira.com/

Hotel La Casona de Revolgo: http://www.lacasonaderevolgo.com/

Santillana é um daqueles passeios que deveríamos fazer pelo menos uma vez na vida.

E parafraseando Benito Pérez Galdós:

Ninguém poderá dizer: Vi Santillana de passagem. Para vê-la é preciso visitá-la.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s